Inconstância

Se me solidifico, desmancho.
Se líquido viro, escorro.
Se sou gasoso, disperso.
Se sou orgânico, morro.
Se sou livre, prendo-me.
Se despedaço, junto-me outra vez.
Se morro, viro lembrança (continuo vivendo).
Se tenho alma, eterno sou.
Se sou vivo, torno-me naturalmente inconstante.
Se sou um amontoado de coisas,
sou tudo e nada em uma dialética não terminada.
No fim, só se pode ser aquilo que se é.

11 thoughts on “Inconstância

  1. Oi linda! Eh verdade. Olha eu escrevi um Romance chamado Ângela. A personagem está se achando, se entregando e se solidificando para ser feliz na íntegra. Este mexe com a gente vasculha lá no fundo o universo feminino tipo S.O.S- Sou O que Sou e vou ser feliz😀. Eu super recomendo. Bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *