Da complexidade da vida

A vida sempre me encanta, por tantos motivos que é até difícil enumera-los. Quando olhamos para outra pessoa, dificilmente lembramos que ela é mais do que aparenta e nem digo sobre sua personalidade… não vemos que ela é um amontoado de células, órgãos, sinapses e sangue. Dificilmente lembramos que nós também somos assim, e que o nosso coração esta constantemente batendo, precisamente cerca de 70 vezes por minuto, para garantir que tudo funcione dentro de nós. O cérebro da os comandos de tudo que ocorre no corpo, principalmente de nossas ações. Tome cuidado com elas.
Nossas ações determinam as consequências, afinal, como diria Newton: Toda ação provoca uma reação de igual ou maior intensidade, mesma direção e em sentido contrário, ou podemos utilizar o popular dito, aqui se faz, aqui se paga, se colhe aquilo que é plantado, etc etc como preferir.
No geral nos prendemos a situações e momentos, enquanto os pequenos detalhes nos escapam. O show da vida acontece com você a todo instante (clichê mas é verdade). Células nascem e morrem. E você continua vivo.
E se olhar pra fora do corpo ainda vai encontrar uma rede ainda maior de complexidade. Temos outras pessoas, objetos, animais, a natureza, tudo… tudo isso possui sua composição e seu impacto na sua vida e na de outros, no ambiente, no tempo, na história. E ainda, se olhar de maneira mais ampla, talvez de um nível estelar vai notar que esse é só mais um planeta no meio de outros milhões e milhões…
Realmente não lembramos desses pequenos detalhes e da complexidade da vida enquanto o tempo corre. Porém, se tiver um tempo reflita. Vale a pena. E enquanto refletir se lembre da imensa quantidade de processos internos e externos que contribuem para que você continue vivendo. Você irá encarar a vida de outra maneira e certamente perceberá que não existe motivo para que não seja grato ou até mesmo para que não sinta nenhuma pontada de alegria, só isso já é o bastante para tornar sua vida cada dia mais encantadora.

4 thoughts on “Da complexidade da vida

  1. Bela reflexão, Gabriella.

    Dito isso, não sei se nossas ações funcionam como a Terceira Lei de Newton mesmo. Não acredito muito no dito: “aqui se faz, aqui se paga”, acredito mais que, nesse segundo caso, ao contrário do primeiro, seja mais uma possibilidade. Mas, é claro, só estou compartilhando minha singela visão com você. E, por fim, realmente, milagres acontecem o tempo todo. E é impossível não se sentir maravilhado e invadido por um autêntico sentimento de humildade diante disso, não é?

    Abraço.

  2. Nossa, estava pensando sobre a significância da vida ainda hoje, só que de uma forma muito menos animada e feliz do que essa, mas não vim aqui quebrar o clima Haha
    Ótimo texto!
    A vida é a bagunça mais organizada que existe.

    1. Se quiser compartilhar sua visão fique à vontade, não se preocupe não vai quebrar o clima, e se quebrar não tem problema hahaha adorei isso que você disse “A vida é a bagunça mais organizada que existe”, ela realmente é!
      Abraços

Deixe seu comentário :)