À noite todos os gatos são Fabios

O céu escurecia mais rápido do que os ponteiros poderiam girar, consequência direta do horário de verão.

-Ele sempre volta do trabalho esse horário menina, estou dizendo, quando voltarmos do mercado acabaremos por encontra-lo aqui.

Márcia ajeitava a bolsa no ombro, segura de que teria mais alguém para dividir as sacolas de compras na volta, enquanto os pés seguiam vagarosos.

-Tem certeza? Ele trabalha longe daqui e….

-Lu – dizia ela rindo – já encontrei ele várias vezes nesse horário voltando do mercado. Ele desce ali naquele ponto, do outro lado da rua, e então voltamos para casa todos juntos. Deixe disso. O importante é que dá para comprar o dobro de coisas nesse mercado!

-É verdade!! Você viu o preço do leite?

-Nem me fala…

A ida ao destino passou de forma rápida como uma boa conversa, os produtos não estavam em promoções exageradas, mas ainda assim conseguiram comprar o necessário.

No caminho de volta a noite fazia companhia nas ruas repletas de crianças e também nas ruas vazias, perto da ponte, perto do ponto….

-Ei – apontou Márcia para silhueta no escuro – olha o Fábio ali!

-É ele?

-Sim, claro que é!

Márcia tentou chama-lo algumas vezes, mas não obteve sucesso, então correu em sua direção para fazer uma surpresa. Foi tão bem-sucedida nessa investida, que a surpresa maior foi para ela mesma.

Após parar seu alvo, trocaram meias palavras e ela não tardou em dar meia volta para o caminho inicial. Andava rindo e se não estivesse fora das sacolas que carregava, poderia ser confundida com um pimentão.

-O que aconteceu?

-Não era o Fábio – dizia no meio das risadas tentando recuperar o folego- e eu fui correndo atrás dele gritando, ele deve pensar que sou louca.

Agarrou no braço da amiga e os passos foram ficando mais rápidos até dobrarem a esquina. Longe dos olhos do rapaz.

-Você não percebeu que não era ele quando chegou mais perto?

-É como diz o ditado… à noite todos os gatos são pardos.

-Aaaah, não são não – ria.

-Para mim são, sem óculos e no escuro até cachorro vira gato.

2 thoughts on “À noite todos os gatos são Fabios

  1. Sorri após ler este texto. Muito bem escrito e bem detalhado. Nada cansativo. Pensei que seria um texto clichê pelo título ou muito romantizado mas me surpreendeu até. Parabéns pela criação!

Deixe seu comentário :)